Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Fala Comigo - Marti Leimbach

 

                           Fala Comigo

 

      Sinopse na contra-capa:

      «Factos e ficção cruzam-se na devoção incondicional de uma mãe…

 

      O meu marido conheceu-me numa festa e decidiu que queria casar comigo.

 

     Melanie Marsh é uma americana a viver em Londres, casada com Stephen, o perfeito gentleman, que soube no minuto em que a viu que ela seria o seu futuro. Mas quando é diagnosticado autismo ao filho mais novo, o seu casamento começa a desmoronar-se rapidamente. Stephen volta para os braços da sua antiga namorada, enquanto que Melanie faz tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar o seu filho e manter a sua família unida.

 

      Fala Comigo é um romance apaixonado, salpicado de humor negro, que explora a determinação de uma mãe para ajudar o seu filho. Baseada na própria vida pessoal da autora, é uma história de amor para adultos que, de alguma forma, estende a sua sabedoria para além dos parâmetros da incapacidade e vai dentro da substância da própria natureza humana. Um romance tenso e emotivo que fará o leitor rir, mesmo quando lhe parte o coração.»

 .

.

      Gostei muito de ler este livro, sobretudo porque me toca na minha experiência pessoal - o meu filho também começou a falar mais tarde.

      Daniel é um menino a quem é diagnosticado Autismo aos dois anos de idade. A mãe vivia angustiada com o facto de o seu filho nesta idade não dizer uma palavra. A partir do diagnóstico trava-se a luta de uma mãe, contra tudo e contra todos (inclusive contra o pai do menino) na tentativa de fazer o seu filho falar e, acima de tudo, proporcionar-lhe um crescimento o mais normal possível, recusando sempre a integração do filho numa escola de educação especial. E a evolução é fantástica... prova de que o amor de mãe pode mais do que muitas pedagogias!

 .

      «... é impossível aprender uma linguagem num grupo, com outros à volta que não conseguem falar de todo, ou repetem constantemente a mesma frase sem sentido (...) não há um caminho que possa modular o nosso próprio comportamento quando não há nada normal a passar-se à nossa volta (...)»

                                         Fala Comigo, Marti Leimbach

publicado por Cris às 13:11
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Milena a 20 de Novembro de 2007 às 14:41
Olá,
Por acaso tb estou a meio deste livro e estou adorar ler.
Bjinho
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 26 de Dezembro de 2007 às 16:21
Estou a ler este mesmo livro neste preciso momento. Estou a gostar bastante até porque aborda um tema de particular interesse para mim: o Autismo. Sou Terapeuta da Fala e adoro tudo o que está relacionado com o autismo. Esta interesse começou quando em estágio tive um caso de um menino autista e pelo qual me apaixonei completamente. Até hoje ele é especial.
A minha monografia da licenciatura tem como tema "Preocupações parentais no Autismo", logo como poderia este livro não me estar a interessar?hehe
Alem disse a autora escreve maravilhosamente, lê-se muito bem mesmo!
Beijos***
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 31 de Dezembro de 2007 às 15:52
Ora bem, já acabei de ler o livro...aliás, li-o praticamente num dia!Fechei o livro ás 2 e tal da manhã, mas tive que o ler ate ao fim!
Gostei bastante, mesmo, passa uma mensagem muito bonita, positiva...o amor de mãe é tão grande, tão forte, luta contra tudo e todas e tenta sempre vencer! Foi o que aconteceu=) A autora escreve muito bem, uma escrita nada enfadonha, pelo contrário.
Hum...quanto à parte da Terapia da Fala (nao podia deixar de comentar isto) fiquei desiludida...passa uma "má imagem" dos Terapeutas da Fala...eu, no lugar da TF do livro, tinha começado a trabalhar com esta criança, sim...porque havia tanto para fazer, ela podia ter pegado em tanta coisa...precisava que ele dissesse algumas palavras...pergunto eu, para quê? E não havia tanto a "trabalhar" com esta criança, coisas tão mais importantes que a fala? Enfim...
Beijos grandes**
De Patricia a 6 de Fevereiro de 2008 às 16:29
Bem eu tambem estou a ler este livro . Comecei - o ontem e estou practicamente a devora lo . eu tenho uma curiosidade enorme em relaçao ao autismo . este livro tem uma escrita optima, um conteudo riquissimo e toque de sensibilidade enorme .

este livro leva me a cada vez me deicar convicta do curso que quero tirar . eu adoraria trabalhar com crianças com atrasos de desenvolvimento, sendo um autismo, um dos atrasos que mais me cativa .


apesar de nao ser mae, penso que deve ser u sofrimento horrivel aquilo pelo que a mae do daniel passa mas acredito que deve ser super gratifiante apreciar a evoluçao de uma criança nestas condiçoes .

inda nao cheguei ao fim mas sem duvida este e um dos livros que mais me marcou .
De Manuela Fonseca a 9 de Junho de 2009 às 17:50
Vou comprar este livro e acho que irei devorá-lo. O autismo interessa-me, por variadas razões mas a principal é porque tenho um menino na família do meu marido, netinho com 3 anos que, ao que tudo indica, tem autismo. É um menino lindo e inteligente!

Gostei muito deste blog e tem óptima leitura na Estante! Já li "A criança que não queria falar" de Torey Hayden - Excelente!

Beijinhos*

Comentar post

.mais sobre mim

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
25
26
27
28
29
30
31

.Leituras do dia

Diz-me Quem Sou

.

"Leio e estou liberto, adquiro objectividade. Deixei de ser eu e disperso. E o que leio, em vez de ser um trajo meu que mal vejo e por vezes me pesa, é a grande clareza do mundo externo."

        Fernando Pessoa

 

"Pegar um livro e abri-lo guarda a possibilidade do facto estético. O que são as palavras dormindo num livro? O que são esses símbolos mortos? Nada, absolutamente. O que é um livro se não o abrimos? Simplesmente um cubo de papel e couro, com folhas; mas se o lemos acontece algo especial, creio que muda a cada vez.”

* Jorge Luís Borges *

 

.leituras recentes

. Não gostas?...

. Pergunta(s) indiscreta(s)...

. Ler na praia...

. 2012... em livros lidos....

. Um bom exemplo...

. :Oh!...

. Verdade...

. Pergunta Indiscreta III.....

. Um livro que é uma cama.....

. Pergunta indiscreta II...

.links

.tags

. todas as tags

.na estante

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.Das imagens...

Este blog alimenta-se de imagens, como facilmente se percebe… Todas aquelas, cuja fonte não está assinalada, foram encontradas nas minhas “viagens” pela Net. Se, eventualmente, tiver colocado uma imagem sua não hesite em comunicar-mo… os créditos serão imediatamente repostos!

.Bem vindos!

Counters
Free Counter . Profile Graphics, Page Graphics