Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

A Soma dos Dias - Isabel Allende

 

           

 

      Isabel Allende é, sem dúvida, a minha escritora de eleição, e este livro, como praticamente todos os outros, escritos por ela, os quais li com uma certa avidez, não defraudou as minhas expectativas. 

      A obra é constituída por um conjunto de pequenas memórias, através das quais a autora narra a história recente da sua família, nomeadamente no que diz respeito ao período posterior à morte da sua filha Paula, com Porfíria. Aliás, o livro resulta numa espécie de carta póstuma que a autora endereça à própria filha, com o intuito de a manter a par dos acontecimentos ocorridos, após a data da sua morte, com aqueles a quem Isabel Allende carinhosamente apelida de "sua tribo".

      É um registo marcado, essencialmente, por emoções vividas, dificuldades sentidas e ultrapassadas, momentos de ternura e união familiares... Percebemos, através das palavras da autora nesta soma dos seus dias, o porquê de muitos dos seus escritos, a construção das suas outras obras e passamos a admirá-la ainda mais (falo por mim, obviamente!).

.

.

«O meu trabalho consiste em criar histórias. Teço com os fios da imaginação e da realidade, da intuição e da lógica, da experiência pessoal e a da experiência colectiva. Cada livro é como uma tapeçaria com fios de muitas cores. Na medida do possível, o desenho deve possuir harmonia e claridade, e não se devem ver os nós.» (Isabel Allende)

 

(Vale a pena ler esta entrevista com a autora, via Círculo de Leitores.)


publicado por Cris às 11:06
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De magnolia a 27 de Fevereiro de 2008 às 09:38
Olá Cris,

Obrigada pela força

Eu adoro Isabel Allende. Este ainda não li, mas como recomendas vou procura-lo na Biblioteca Municipal. Gostei muito da Casa dos Espiritos, Eva Luna, Contos de Eva Luna e O Reino do Dragão de Ouro...pelos menos são os que me lembro agora:-)

Vale a pena ler Isabel Allende!

Beijinho e um bom dia para ti:)
De thathys a 27 de Fevereiro de 2008 às 16:42
Emprestaram-me o livro numa altura em que se pode dizer "que acordei pa vida", fartei-me de rir e de chorar com o livro... Sou uma sentimentalista de 1a e ela é definatamente a minha escritora de eleição!
Que livro espectacular!
De leitor a 7 de Março de 2008 às 21:38
Nunca li nenhum livro de Isabel Allende, mas já ouvi falar muito bem dela.

Bom fim de semana
De S a 22 de Fevereiro de 2009 às 17:04
Comecei a ler este livro, mas não consegui ler muito dele, pois a forma como Isabel Allende escreve desagrada-me, já li dela Paula, a história em si é linda e sentimental, mas mais uma vez pela maneira dela escrever, nao m fez sentir tão ligada ao livro
De Marta a 12 de Maio de 2013 às 08:18
Ainda não li este livro mas após ler O caderno de Maya, que achei fantastico, ando muito interessada nos livros da autora. Recomendo

Comentar post

.mais sobre mim

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
25
26
27
28
29
30
31

.Leituras do dia

Diz-me Quem Sou

.

"Leio e estou liberto, adquiro objectividade. Deixei de ser eu e disperso. E o que leio, em vez de ser um trajo meu que mal vejo e por vezes me pesa, é a grande clareza do mundo externo."

        Fernando Pessoa

 

"Pegar um livro e abri-lo guarda a possibilidade do facto estético. O que são as palavras dormindo num livro? O que são esses símbolos mortos? Nada, absolutamente. O que é um livro se não o abrimos? Simplesmente um cubo de papel e couro, com folhas; mas se o lemos acontece algo especial, creio que muda a cada vez.”

* Jorge Luís Borges *

 

.leituras recentes

. Não gostas?...

. Pergunta(s) indiscreta(s)...

. Ler na praia...

. 2012... em livros lidos....

. Um bom exemplo...

. :Oh!...

. Verdade...

. Pergunta Indiscreta III.....

. Um livro que é uma cama.....

. Pergunta indiscreta II...

.links

.tags

. todas as tags

.na estante

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.Das imagens...

Este blog alimenta-se de imagens, como facilmente se percebe… Todas aquelas, cuja fonte não está assinalada, foram encontradas nas minhas “viagens” pela Net. Se, eventualmente, tiver colocado uma imagem sua não hesite em comunicar-mo… os créditos serão imediatamente repostos!

.Bem vindos!

Counters
Free Counter . Profile Graphics, Page Graphics