Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

Leitura impossível...

 

            

 

      A cuidandodemim lançou o interessante mote de discussão no post anterior: o que não é compatível com a leitura? Realmente não há muitas opções... ou será que até há?

      Uma razão forte que me impede de me dedicar mais a este meu prazer de eleição é a falta de tempo ou de tempo ideal para a leitura... Outra, igualmente perturbadora é o ruído forte de fundo, aquele impossível de ignorar, impossível de fingir que não está lá... Ou ainda aquelas pessoas que não suportam a leitura e que por isso também não respeitam o teu espaço para o fazeres tranquilamente...

      Está lançado o desafio... O que te impede realmente de levares a cabo a tua leitura, de desfrutares plenamente o teu prazer de ler?

 

 

 

publicado por Cris às 10:27
link do post | comentar | favorito
|
19 comentários:
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 11 de Outubro de 2010 às 11:01
Estou inteiramente de acordo com o que a cara Cris escreve neste post... Aliás, sobre a leitura, estou quase sempre de acordo com a Cris. Somos ambos apaixonados pelos livros, daí a facilidade na comunhão destas ideias (como me parece ser o caso da maioria dos apaixonados por leituras que passam por este interessante blog).

O ruído é o pior inimigo de um leitor...
Normalmente, o paraíso para um leitor passa por ler o seu livro num sítio sossegado e em silêncio.
A "tagarelice", o uso excessivo de palavras, o timbre e o volume de voz, enfim, a poluição sonora da área circundante são um autêntico inferno quando queremos ler.

E, claro, a falta de tempo é a pior contrariedade.
Quando amamos algo queremos passar grande parte do tempo nessa actividade.
Hoje era um daqueles dias em que, se pudesse, passava grande parte do tempo a ler. No silêncio, na paz de espírito.
Não peço muito para ser feliz. Um livro dá-me essa sensação, é um grande amigo.
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 11 de Outubro de 2010 às 11:06
Só me faltou compartilhar uma ideia: sinto-me radiante quando, mesmo com poluição sonora à volta, atinjo tamanha concentração que me consigo alhear de tudo.
Só eu e a leitura pervalecem, tudo o resto adormece.
De Cris a 11 de Outubro de 2010 às 23:28
É verdade que o ruído me incomoda quando estou a ler, no entanto gosto muito de ler com o som de uma música calma de fundo...
Já experimentei esse alheamento dos ruídos envolventes... é fantástico quando conseguimos atingir esse patamar e mantemos a concentração nas palavras do livro que temos em mãos!!

Já passei na biblioteca... já tenho o livro de Paul Auster recomendado na minha posse, conto lê-lo em breve!! Obrigada, uma vez mais pela sugestão!!
;)
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 12 de Outubro de 2010 às 08:47
Olá Cris,

Sinto-me lisonjeado por ter seguido o meu conselho.
Resta-me desejar-lhe uma boa leitura e pedir-lhe que comparti-lhe a sua opinião sobre "Timbuktu", assim que o terminar.

Abraço
De gatinhafofa a 11 de Outubro de 2010 às 11:34
Cá por mim o que me impede de ler é principalmente o barulho,tambem o facto de eu gostar de fazer outras coisas e tambem o facto de eu não gostar de alguns livros que compro. Os unicos livros de que gostei até agora foram os da coleççao uma aventura, a historia da fada oriana e "tuneis-o jardim do segundo sol".... estes de facto prenderam-me à leitura!! desejo-te um bom dia de segunda-feira. Mil beijinhos!!
De Cris a 11 de Outubro de 2010 às 23:33
Já é um óptimo começo... Agora só tens de continuar! Há tantos títulos à espera de serem descobertos!!
Não precisas de comprar se facilmente te desiludes com o livro... Deves ter, certamente, uma biblioteca pública por perto onde tens uma infinidade de livros gratuitos à tua espera! Assim não corres o risco de não gostares e teres de ficar com o livro!! Eu sou frequentadora assídua da biblioteca municipal, apesar de comprar muitos livros!!

Bjo
De verdesperanca a 11 de Outubro de 2010 às 15:14
Sem dúvida o barulho, é horrível estar concentrada a ler e ouvir sempre alguém falar ou algum ruído, desgasta-me imenso a cabeça.
E também tem de ser sozinha porque infelizmente estou rodeada de pessoas que não gostam de ler e que acham que é uma perda de tempo de quem não tem que fazer.
Outra coisa que também em aborrece é que ainda não encontrei uma posição boa para ler, cansa-me imenso estar mts horas na mm posição e estou sempre mudar e não para quieta muito tempo.
Bjs doces.
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 11 de Outubro de 2010 às 16:58
Também me acontece, por vezes quando estou a ler, não ter posição, verdeesperanca.
Por isso vou alternando: sento-me, deito-me de barriga para cima, depois para baixo, enfim, vou tentando não me cansar da postura mas tendo sempre o cuidado de não maltratar as costas...
Às vezes a concentração e o deleite no livro são tantos, que até me esqueço do corpo, lol.
De verdesperanca a 11 de Outubro de 2010 às 21:22
Pois é o que eu faço também, vou alternando.
É eu também tenho de ter cuidado com a coluna às vezes trato-a um bocadinho mal.
De Cris a 11 de Outubro de 2010 às 23:42
Realmente a falta de uma posição ideal para ler também pode ser um impeditivo de peso para uma leitura confortável...
Dizem os entendidos que a melhor posição para ler é sentarmo-nos no sofá, uma almofada nas costas e outra sobre as pernas onde será colocado o livro aberto... obriga-te a manter uma posição correcta para as costas sem te inclinares demasiado sobre o livro!! Mudar de posição ou fazer pausas também me parece aconselhável!

Incomodam-me um pouco as pessoas que detestam a leitura e que não respeitam o espaço de quem gosta de ler... Pior ainda quando nos criticam por perdermos tempo com os livros!!

Bjo
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 12 de Outubro de 2010 às 08:50
Mais uma vez não podia estar mais de acordo, Cris!
E obrigado pelo conselho da postura ideal de leitura. Não sabia (principalmente o pormenor da almofada no colo, para pousar o livro - mas faz sentido!).
Vou experimentar hoje mesmo, com o meu livro actual "O Carteiro de Pablo Neruda", de Antonio Skármeta.
De verdesperanca a 13 de Outubro de 2010 às 17:25
Por acaso é mesmo essa posição que tenho adoptado ultimamente. É confortável mas convém ir mudando de vez em quando.
As pessoas só criticam por frustração pessoal...
Bjns doces.
De cuidandodemim a 12 de Outubro de 2010 às 15:22
Para mim só são as duas que referiste: falta de tempo e muita confusão e barulho à minha volta. Neste último caso, por vezes consigo concentrar-me mesmo assim, mas é frequente não prestar a devida atenção e alguns pormenores do livro me escaparem... Quando estou doente ou preocupada também não consigo ler... Mas não me lembro de mais nenhuma situação :)
Bjns
De Cris a 12 de Outubro de 2010 às 23:11
É exactamente esse o meu problema com os ruídos envolventes... a páginas tantas já perdi um pormenor importante!!

Bj*
De Teresa a 15 de Outubro de 2010 às 22:02
Talvez só o ruído.

Mas não é qualquer ruído - são pessoas aos berros e conversas parvas...
Quase todos os ruídos consigo bloquear... esse é impossível.

Depois tenho pequenos tiques irritantes - como todos os amantes de livros, acho eu - não gosto de estragar um livro por isso se estiver mau tempo refreio a ansiedade de ler até estar num local mais apropriado. Mas depois se é impossível e acabo danificando o livro - aconteceu com o Caffe Amore em Albufeira numa tarde cheia de humidade mas o livro estava "quase" no fim e na melhor parte ;) (estão sempre) - acho ternurento voltar ao livro e ver as páginas levemente encarquilhadas que recordam aquela simpática tarde em que o livro "salvou" a praia.

Parabéns pelo BLOG que já visito há algum tempo mas só hoje decidi responder.

Teresa
De Cris a 15 de Outubro de 2010 às 23:18
Muito obrigada Teresa!

Eu também detesto danificar ou ver danificar um livro... mas nesse caso até é uma boa forma de recordar um bom momento de leitura!!
;)
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 18 de Outubro de 2010 às 15:34
Eu também sou bastante cuidadoso com os livros e tento não os estragar... Mas não é só com os livros mas com tudo, é a minha forma de ser.
As dobras normais que resultam da leitura do livro são ternurentas.
De viaggi in spagna a 27 de Outubro de 2010 às 13:54
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou estudando Português, eu não consigo entender tudo, mas quase! ;)
De erezioni a 12 de Janeiro de 2011 às 17:09
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em seu blog que bom!

Comentar post

.mais sobre mim

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
25
26
27
28
29
30
31

.Leituras do dia

Diz-me Quem Sou

.

"Leio e estou liberto, adquiro objectividade. Deixei de ser eu e disperso. E o que leio, em vez de ser um trajo meu que mal vejo e por vezes me pesa, é a grande clareza do mundo externo."

        Fernando Pessoa

 

"Pegar um livro e abri-lo guarda a possibilidade do facto estético. O que são as palavras dormindo num livro? O que são esses símbolos mortos? Nada, absolutamente. O que é um livro se não o abrimos? Simplesmente um cubo de papel e couro, com folhas; mas se o lemos acontece algo especial, creio que muda a cada vez.”

* Jorge Luís Borges *

 

.leituras recentes

. Não gostas?...

. Pergunta(s) indiscreta(s)...

. Ler na praia...

. 2012... em livros lidos....

. Um bom exemplo...

. :Oh!...

. Verdade...

. Pergunta Indiscreta III.....

. Um livro que é uma cama.....

. Pergunta indiscreta II...

.links

.tags

. todas as tags

.na estante

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.Das imagens...

Este blog alimenta-se de imagens, como facilmente se percebe… Todas aquelas, cuja fonte não está assinalada, foram encontradas nas minhas “viagens” pela Net. Se, eventualmente, tiver colocado uma imagem sua não hesite em comunicar-mo… os créditos serão imediatamente repostos!

.Bem vindos!

Counters
Free Counter . Profile Graphics, Page Graphics