Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

Pergunta indiscreta II...

 

       20081010075737.jpg

  

      Já te sentiste tentado(a) a abandonar o livro após a leitura do primeiro capítulo? E fizeste-o?

 

 

ADENDA: Eu acabei de o fazer - não consegui avançar n' "A Lenda do Cisne", de Jules Watson. Quem sabe um dia deste volte a pegar nele... neste momento não entra... O que me custa fazê-lo! Costumo dar sempre mais uma, várias oportunidades antes de tomar esta decisão, mas tenho chegado à conclusão que na maior parte destes casos mais vale parar que ler em sofrimento...

  

 

publicado por Cris às 18:47
link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 21 de Fevereiro de 2011 às 10:32
Bom dia,

Sim, já aconteceu algumas vezes (não muitas) e é uma péssima sensação, um desconsolo.

Não creio que tenha sido no primeiro capítulo, porque dou mais oportunidade à história mas não me lembro de quando foi ao certo.
Deixei a meio "A Ninfa Inconstante", de Guillermo Cabrera Infante mas, talvez se fosse agora tivesse continuado até ao fim, não sei...
Em contrapartida, li até ao fim "Errar é divino", de Marie Phillips e foi uma autêntica perda de tempo, além de que me custou imenso chegar à última página. Se fosse agora, tinha desistido logo no início.

No entanto, por regra não costumo abandonar os livros antes de os terminar de ler.
Por causa disso já tive surpresas agradáveis...

Como os livros são caros neste país e o tempo de leitura é pouco, tento sempre seleccionar as minhas leituras com cuidado.

Abraço,
Carlos Manuel
De Cris a 21 de Fevereiro de 2011 às 23:57
Quando o livro é meu, demoro mais tempo a tomar este tipo de decisão... Tenho na minha mesa de cabeceira um livro inacabado há cerca de ano e meio. Volta e meia volto a pegar nele, leio mais um ou dois capítulos e deixo-o novamente a marinar... Hei-de acabá-lo mais cedo ou mais tarde!!
Já "A Lenda do Cisne" é um livro da biblioteca, não tive tanto pudor em abandonar a leitura!!
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 22 de Fevereiro de 2011 às 09:05
Entretanto lembrei-me de um contra-exemplo: "Corre, Coelho" de John Updike.
Li-o no ano passado, nas férias de Agosto.
Em plena praia e descontração, o início do livro (talvez a primeira centena de páginas) era um tédio e custou a ler. No entanto, a partir de certa altura comecei a envolver-me no enredo a tal ponto que fiquei viciado e não conseguia parar de ler... Lembro-me de estar a ler à noite na cama, com os olhos a quererem fechar-se e eu a debater-me para isso não acontecer, tentanto sempre ler "só mais 2 páginas!".
Cheguei ao final do livro e pensei: "Agora ainda não mas hei-de ler o 2º livro deste enredo..." (Só por curiosidade este "Corre, Coelho" é o primeiro de quatro).

Este é um exemplo de um escritor muito conceituado, daí que o benefício da dúvida que dei não tenha sido muito arriscado (pelo menos, mesmo que não gostasse, poderia dar a minha opinião sobre esta obra deste grandioso autor) no entanto, como referi, não gosto de perder tempo com leituras aborrecidas.

Também por curiosidade, estou nas últimas 30 páginas de "A Insustentável Leveza do Ser", de Milan Kundera e estou a pensar, a seguir, ler Mario Vargas Llosa. Estou bastante inclinado para escolher esse caminho, uma vez que tenho um curiosidade grande neste autor.

Um bom dia para a Cris e os restantes leitores deste magnífico blog!

Abraço,
Carlos Manuel
De Carla a 21 de Fevereiro de 2011 às 10:40
Já. Aconteceu-me isso duas vezes. Curiosamente só me lembro de um dos livros, mas sei que foram dois. O que me lembro foi "Julie e Julia". Falaram tão bem dele e o trailer do filme parecia tão engraçado que resolvi lê-lo. Não consegui avançar para além das primeiras páginas. Achei aquilo tudo tão chato, tão sem graça, que tive que o pôr de lado.
De Cris a 21 de Fevereiro de 2011 às 23:59
Por vezes mais vale deixar a leitura de um livro a meio e voltar a ele mais tarde com outro espírito do que forçar a leitura de algo que no momento não nos satisfaz!!
Eu acredito que cada um de nós passe por momentos mais ou menos propícios a determinada leitura!!
De C. a 21 de Fevereiro de 2011 às 12:58
Já! Com o livro "Ema". Achei mesmo uma seca...não ganhei aquela sensação de entrar no livro e querer lê-lo e saber o final. Fui lendo e desisti, não senti interesse. Mas esforcei-me... só que simplesmente, não deu.

;) e tu?
De Cris a 22 de Fevereiro de 2011 às 00:03
Pois eu... acabei de o fazer!! Não é muito comum em mim, mas desta vez não consegui mesmo!!
É exactamente essa a sensação, não conseguir entrar no livro, sentirmo-nos forçados, perder-se o prazer, a curiosidade de descobrir o que vem a seguir....

Bjo
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 23 de Fevereiro de 2011 às 08:50
Cris,
Fiquei curioso por saber qual foi o título que a fazer desistir recentemente... Podemos saber ou é segredo?
:)
Abraço,
Carlos Manuel
De Cris a 23 de Fevereiro de 2011 às 23:04
Está lá... na adenda do post!!!
De Maria João a 21 de Fevereiro de 2011 às 21:39
Já me aconteceu mais do que uma vez. Uma das vezes desisti mesmo, outras fui insistindo e uma delas achava que ia desistir no próximo capitulo e a partir de uma certa altura desisti de desistir e quando cheguei ao fim congratulei-me por não o ter feito - o livro é espectacular: "Uma conspiração de estúpidos" de John Kennedy Toole.
De Cris a 22 de Fevereiro de 2011 às 00:04
Por vezes basta mudar a perspectiva... e o prazer de ler regressa!!
Sou levada a desistir com mais facilidade quando o livro não é meu!
De Sara a 22 de Fevereiro de 2011 às 01:42
Já me aconteceu algumas vezes querer desistir logo no início, mas normalmente vou até ao fim ou pelo menos até ao meio...o último que não consegui acabar foi um de Paulo Coelho....apetecia-me desistir no 1º capítulo mas fui até meio, depois já não deu mais, ler aquilo era um sofrimento...:d

Ás vezes não é simplesmente a altura certa para ler determinado livro, mais vale pousar e tentar mais tarde...

cumps
De carlos edgar a 24 de Fevereiro de 2011 às 12:06
Apresentações do livro “Saude 24 horas” pelo autor Carlos Edgar
4 de Março, 21 horas, Sta Comba Dão; 5 de Março, 18 horas, Bertrand Dolce Vita Coimbra; 6 de Março, às 17 horas, Fnac Leiria; 12 de Março, às 17 horas, Fnac Coimbra; 19 de Março, às 16 horas, Livraria Pretexto; www.carlosedgar.com e www.saude24.net

Saude24.net em livro, livro Saude 24 horas, guia de saúde com soluções e indicações para mais de 100 problemas de saúde.
De rute a 17 de Março de 2011 às 09:28
Olá!

Tenho lido estes comentários sobre não resistir , e parar de ler algo que já tínhamos começado.
Bem, pior do que isso, é ler por obrigação, quando a vontade nos impele para não ler... É verdade, quando
estudante, fazia parte da disciplina de Língua Portuguesa a leitura e posterior análise e avaliação de várias obras e períodos da Literatura Portuguesa. Certa altura, já com o livro comprado, começo a lê-lo... e deparo-me com a dificuldade e, em simultâneo, com a obrigação, de o continuar a ler, o que fiz até ao fim. Claro que o resultado não foi dos melhores, por duas razões: a primeira, é que não interiorizei nada dessa obra (só serviu mesmo para o estudo); a segunda, é que ainda hoje não consigo pegar nesse livro e tomar a decisão de o ler, no fundo para dar uma segunda oportunidade...
Tratava-se da obra "Eurico, o Presbítero", de Alexandre Herculano.
Fora este mais marcante, terá havido mais alguns que desisti, como os "Versos Satânicos", de Salman Rushdi, este talvez à densidade literária inicial.
De Teresa a 20 de Março de 2011 às 22:20
Abandonar, abandonar não...

O que faço é protelar a leitura - não gosto, ponho de lado, e vou voltando a ele de quando em vez.

Mas é raro acontecer. Normalmente a curiosidade ganha e acabo por me forçar a ler o livro. Mas se forcei, uma vez terminado não volto a ele o que é raríssimo em mim pois leio e releio sempre os meus livros.
De Subjectividades a 31 de Março de 2011 às 10:37
Olá Cris

Pergunta interessante esta...

Já me aconteceu sim senhora, não consigo ler a zangada de pedra do Saramago.
O raio do livro está lá na prateleira a desafiar-me mas caso curioso de cada vez que lhe pego não consigo passar do primeiro capítulo.

Já As Serviçais, li num ápice e gostei.

Bjs
De vivi a 31 de Março de 2011 às 13:38
Oi amei o post sobre o livro: Para a minha irmã, Jodi Picoult mais não consigo encontra-lo em nehuum lugar saraiva.cultura, fnac, travessa vc sbe o nome da editora?
De Cris a 1 de Abril de 2011 às 22:51
Editora Civilização... A capa mudou - a nova edição tem na capa uma imagem do filme baseado no livro!

Comentar post

.mais sobre mim

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
25
26
27
28
29
30
31

.Leituras do dia

Diz-me Quem Sou

.

"Leio e estou liberto, adquiro objectividade. Deixei de ser eu e disperso. E o que leio, em vez de ser um trajo meu que mal vejo e por vezes me pesa, é a grande clareza do mundo externo."

        Fernando Pessoa

 

"Pegar um livro e abri-lo guarda a possibilidade do facto estético. O que são as palavras dormindo num livro? O que são esses símbolos mortos? Nada, absolutamente. O que é um livro se não o abrimos? Simplesmente um cubo de papel e couro, com folhas; mas se o lemos acontece algo especial, creio que muda a cada vez.”

* Jorge Luís Borges *

 

.leituras recentes

. Não gostas?...

. Pergunta(s) indiscreta(s)...

. Ler na praia...

. 2012... em livros lidos....

. Um bom exemplo...

. :Oh!...

. Verdade...

. Pergunta Indiscreta III.....

. Um livro que é uma cama.....

. Pergunta indiscreta II...

.links

.tags

. todas as tags

.na estante

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.Das imagens...

Este blog alimenta-se de imagens, como facilmente se percebe… Todas aquelas, cuja fonte não está assinalada, foram encontradas nas minhas “viagens” pela Net. Se, eventualmente, tiver colocado uma imagem sua não hesite em comunicar-mo… os créditos serão imediatamente repostos!

.Bem vindos!

Counters
Free Counter . Profile Graphics, Page Graphics