Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

Ler para quê?

 

                          

 

     Sou muitas vezes confrontada com esta questão, por parte de jovens e de outros menos jovens, o que me deixa um pouco triste... Fico sempre com a sensação que, quem a faz, não pôde ainda sentir o que é o prazer da leitura...

 

      Encontrei aqui as seguintes 29 razões para LER (a tradução é minha).

      Sintam-se à vontade para acrescentar as vossas...

  1. Para saber;
  2. Para jogar;
  3. Para saber que não estamos sós;
  4. Para conhecer os outros;
  5. Para viver mais;
  6. Para apreender o tempo;
  7. Para aprender;
  8. Para saber que estamos vivos;
  9. Para aprender a pensar;
  10. Para chorar;
  11. Para rir;
  12. Para nos conhecermos a nós mesmos;
  13. Para descobrir outros mundos;
  14. Para partilhar um legado comum;
  15. Para não sermos o que somos;
  16. Para combater a fealdade;
  17. Para (nos) consolarmos;
  18. Para desterrar a melancolia;
  19. Para fugir ao ruído;
  20. Para duvidar;
  21. Para afirmar;
  22. Para negar;
  23. Para sermos o que somos;
  24. Para nos refugiarmos;
  25. Para crescermos;
  26. Para sonhar;
  27. Para explorar;
  28. Para imaginar;
  29. Para nos evadirmos...
publicado por Cris às 23:35
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Domingo, 5 de Outubro de 2008

Antes de iniciar a leitura...

 

                       

 

      «Arranja a posição mais cómoda: sentado, estendido, enroscado, deitado. Deitado de costas, de lado, de barriga. Na poltrona, no sofá, na cadeira de baloiço, na cadeira de praia, no pufe. Numa cama de rede, se tiveres alguma cama de rede. Em cima da cama, naturalmente, ou dentro da cama. Até podes pôr-te de cabeça para baixo, em posição de yoga. Com o livro virado ao contrário, bem entendido.

      (...)

      Bem, afinal de que estás à espera? Estende as pernas, estica também os pés numa almofada, em duas almofadas, nos braços do sofá, nas orelhas da poltrona, na mesinha de chá, na secretária, no piano, no mapa-mundo. Descalça primeiro os sapatos. Mas só se quiseres ficar de pés soerguidos, porque senão torna a calçá-los. E agora não fiques para aí de sapatos numa mão e livro na outra.

      Regula a luz de modo a não te cansar a vista. Fá-lo já, porque assim que estiveres mergulhado na leitura, nem penses em mexer-te. Arranja-te de maneira que a página não fique na sombra, um emaranhado de letras negras sobre um fundo cinzento, uniformes como uma ninhada de ratos; mas tem cuidado para que não lhe bata de chapa uma luz demasiado forte e que não se reflicta no branco cru do papel roendo as sombras dos caracteres como num meio-dia do Sul. Tenta prever agora tudo o que puder evitar-te o interromper a leitura. Os cigarros ao alcance da mão, se fumares, e o cinzeiro. Que mais é que falta? Tens de ir fazer chichi? Bem, tu é que sabes.»

                           Italo Calvino, Se Numa Noite de Inverno Um Viajante

 

publicado por Cris às 18:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

Ler na cama...

 

           

 

publicado por Cris às 23:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Leituras no WC...

 

 

     Há quem defenda que o quarto de banho e os bancos do metro são os lugares onde melhor se difunde a cultura. Ora como o Metro não é um meio de transporte utilizado por todos, há que investir na primeira opção. Assim, e tendo em vista a necessidade de promover a leitura, qualquer-que-seja e seja-em-que-lugar, surge esta proposta da Art-Mediation! Deste modo, as nossas leituras de eleição estarão sempre ao alcance quando ocorrem as pequenas emergências...

    Acredito que ler no quarto de banho não é uma novidade para a maior parte das pessoas - aproveitar o momento de tranquilidade proporcionado pela situação para se entregar ao prazer da leitura... Como diz Roger Michelena, no seu blog: "substituir o elemento natural que devolvemos à mãe natureza por outro de tipo intelectual"... (há, até, quem leia, nesses casos, a informação inclusa nos artigos de higiene! - por que não? É já considerada, por muitos, uma forma de literatura...). No entanto, nem todos admitem que lêem no WC, por a considerarem uma acção pouco elegante...

     

                                                          Boas Leituras!!

publicado por Cris às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 6 de Janeiro de 2008

Uma receita simples para incentivar os seus filhos a ler...

               

             

.

      Incentivar as crianças a ler e, acima de tudo a gostarem de ler, não é tarefa fácil, sobretudo quando elas não demonstram qualquer interesse pelos livros. Os pais têm, sem dúvida, um papel fundamental nesta promoção da leitura junto dos seus filhos, são eles os principais responsáveis pelos primeiros contactos da criança com o livro! Infelizmente muitos abstêm-se desta obrigação!

      Como mãe de um rapaz que começa, agora, a contactar com as letras e com as suas possibilidades, tenho batalhado com alguma insistência para que ele sinta a leitura como uma experiência positiva e que veja no livro uma fonte de prazer e não uma enorme "dor de cabeça". Acho que vamos conseguindo resultados muito positivos nesse aspecto! Ele adora as idas à Biblioteca, elege com alguma liberdade as suas leituras e sinto que gosta de ouvir e (embora ainda com alguma dificuldade) de ler o que "dizem" estes novos amigos!

      A propósito deste  assunto,  Alessandro Martins, no seu blog Livros e afins, baseado no artigo 10 dicas para ensinar seus filhos a (gostarem de) ler, sugere uma receita simples e, provavelmente, bastante eficaz para influenciarmos os nossos filhos a ler:

 

  1. Compre um bom livro, adequado à idade e aos interesses de seu filho
  2. Leia-o em silêncio próximo a ele
  3. Ria nas partes engraçadas, faça comentários para você mesmo em voz alta
  4. Se ele perguntar do que se trata, não diga. Ou fale que não pode dizer
  5. Ao fechar o livro, diga que ele não pode lê-lo. É proibido
  6. Guarde em algum lugar bem visível e ao alcance de seu filho e saia da sala
  7. Permita que a curiosidade faça o resto do trabalho

 

publicado por Cris às 22:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
25
26
27
28
29
30
31

.Leituras do dia

Diz-me Quem Sou

.

"Leio e estou liberto, adquiro objectividade. Deixei de ser eu e disperso. E o que leio, em vez de ser um trajo meu que mal vejo e por vezes me pesa, é a grande clareza do mundo externo."

        Fernando Pessoa

 

"Pegar um livro e abri-lo guarda a possibilidade do facto estético. O que são as palavras dormindo num livro? O que são esses símbolos mortos? Nada, absolutamente. O que é um livro se não o abrimos? Simplesmente um cubo de papel e couro, com folhas; mas se o lemos acontece algo especial, creio que muda a cada vez.”

* Jorge Luís Borges *

 

.leituras recentes

. Ler para quê?

. Antes de iniciar a leitur...

. Ler na cama...

. Leituras no WC...

. Uma receita simples para ...

.links

.tags

. todas as tags

.na estante

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.Das imagens...

Este blog alimenta-se de imagens, como facilmente se percebe… Todas aquelas, cuja fonte não está assinalada, foram encontradas nas minhas “viagens” pela Net. Se, eventualmente, tiver colocado uma imagem sua não hesite em comunicar-mo… os créditos serão imediatamente repostos!

.Bem vindos!

Counters
Free Counter . Profile Graphics, Page Graphics