Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

Frágil - Jodi Picoult

 

                Frágil

 

 

      Que posso eu dizer sobre este livro, que não repita impressões deixadas pelos que li anteriormente desta autora? Que me cativa, me emociona até, a forma como Jodi Picoult consegue fazer-nos quase reviver os acontecimentos narrados... que a descrição, daquilo que sente cada personagem, me faz questionar a todo o instante "e se fosse comigo"?, e me leva a duvidar se devo apoiar esta ou aquela parte do conflito... que me obriga a reflectir sobre temas tão diversos como a família, a esperança, o amor infinito pelos filhos, o sacrifício, a verdade, a devoção, a fé, as questões legais e suas fragilidades...

      A palavra frágil não se resume aqui às consequências físicas da doença da protagonista, mas estende-se, sobretudo, às consequências emocionais que a vida de e com uma criança com necessidades especiais pode acarretar.

      Quanto ao final... confesso que após a leitura de todos os outros livros da autora editados em Portugal, consegui adivinhar quase ao pormenor o final, mais uma vez surpreendente, de mais esta excepcional narrativa...

 

 

Sinopse:

«Willow, a linda, muito desejada e adorada filha de Charlotte O’Keefe, nasceu com osteogénese imperfeita - uma forma grave de fragilidade óssea. Se escorregar e cair pode partir as duas pernas, e passar seis meses enfiada num colete de gesso. Depois de vários anos a tratar de Willow, a família enfrenta graves problemas financeiros. É então que é sugerida a Charlotte uma solução. Ela pode processar a obstetra por negligência - por não ter diagnosticado a doença de Willow numa fase inicial da gravidez, quando ainda fosse possível abortar. A indemnização poderia assegurar o futuro de Willow. Mas isso implica que Charlotte tem de processar a sua melhor amiga. E declarar perante o tribunal que preferia que Willow não tivesse nascido...»

 

publicado por Cris às 18:58
link do post | favorito
De Carlos Manuel Lopes da Silva a 24 de Fevereiro de 2010 às 12:28
Esta autora não me dizia absolutamente nada até agora.
Nunca li nada dela e, para ser sincero, nem me iria "dar ao trabalho" de pegar num dos seus livros na livraria. Apenas porque não tinha nenhuma referência.
Mas agora o caso muda de figura. Com estes elogios, fiquei tentado a comprovar a veracidade...
Uma hipótese a considerar, na próxima ida à livraria para as compras...
É bom saber.
Obrigado!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
23
25
26
27
28
29
30
31

.leituras recentes

. Não gostas?...

. Pergunta(s) indiscreta(s)...

. Ler na praia...

. 2012... em livros lidos....

. Um bom exemplo...

. :Oh!...

. Verdade...

. Pergunta Indiscreta III.....

. Um livro que é uma cama.....

. Pergunta indiscreta II...

.links

.tags

. todas as tags

.na estante

. Agosto 2012

. Dezembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.pesquisar

 

.Das imagens...

Este blog alimenta-se de imagens, como facilmente se percebe… Todas aquelas, cuja fonte não está assinalada, foram encontradas nas minhas “viagens” pela Net. Se, eventualmente, tiver colocado uma imagem sua não hesite em comunicar-mo… os créditos serão imediatamente repostos!